Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

20 anos de motim no Presidio Central de Porto Alegre

O destino dos dez amotinados:
• Dilonei Francisco Melara, o Melara, nascido em 24/12/58 em São José do Ouro, apareceu morto em janeiro de 2005, em Dois Irmãos, após fuga do regime semiaberto em novembro de 2004.
• Carlos Jefferson Souza dos Santos, o Bicudo, nascido em Canoas em 08/11/71, morreu em confronto com policiais militares dias depois da fuga do Presídio Central, após assalto a banco em Canoas.
• Vladimir Santana da Silva, o Sarará da Vovó, nascido em Porto Alegre em 29/11/1966, morreu em tiroteio com policiais civis na Lomba do Pinheiro, durante a fuga do Presídio Central, em julho de 1994.
• Pedro Ronaldo Inácio, o Bugigão, nascido em Porto Alegre em 9/2/1961, recebeu indulto em 2002, devido a problemas graves de saúde.
• Luiz Paulo Schardosin Pereira, o Chardozinho, nascido em Porto Alegre em 5/1/1965, morreu em uma queda acidental de um prédio em julho de 2010, em Florianópolis, Santa Catarina.
• José Carlos Pureza, o Pureza, nascido em Encruzilhada do Sul em 7/9/64, morreu em] tiroteio com policiais civis na Lomba do Pinheiro, durante a fuga do Presídio Central, em julho de 1994.
• Francisco dos Reis Cavalheiro, o Chico Cavalheiro, nascido em Santa Maria em 16/10/63, morreu esfaqueado em outubro de 2006 na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc).
• Fernando Rodolfo Dias, o Fernandinho, nascido em Caxias do Sul em 16/7/62, morreu vítima de doença, em janeiro de 2008.
• Celestino dos Santos Linn, o Linn, nascido em Uruguaiana em 16/4/61, morreu dias depois de ser baleado no Hotel Plaza São Rafael, em julho de 1994.
• Nairo Ferreira Soares, o Boró, nascido em Porto Alegre em 14/11/72, morreu em tiroteio com policiais civis na Lomba do Pinheiro durante a fuga do Presídio Central em julho de 1994.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senado devolve mandato a Aécio Neves

O Senado determinou o retorno de Aécio Neves (PSDB-MG) às suas funções de parlamentar. Por 44 votos a 26, a Casa derrubou decisão do Supr...