Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

MNCR,participa de reunião com governador

 

Na tarde de segunda-feira ,representantes das catadoras e catadores de materiais recicláveis participaram de reunião com o governador do RS Eduardo Leite.

A reunião foi articulada pelo deputado federal Carlos Gomes, com o intuito de discutir ações que impactem positivamente a cadeia produtiva da reciclagem.

Dentre elas, a adesão do Rio Grande do Sul ao convênio 07/2013, do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

A normativa autoriza a concessão de benefício fiscal nas operações com sucatas de papel, vidro e plástico destinadas à indústria de reciclagem e já é praticada nos estados de Alagoas, Ceará, Mato Grosso do Sul, Pará, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Rondônia, Tocantins e Distrito Federal, com previsão ser instalada, em breve, também no Amapá e em Pernambuco.

Participaram da reunião também o setor empresarial, ao qual defende a redução da tributação, para que possa gerar mais valor na cadeia, beneficiando todos os elos.

A catadora Laura Lemoyne e o catador Alex Cardoso, membros do Movimento Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis-MNCR colocaram para o governador a necessidade de políticas públicas que reconheçam e valorizem o trabalho da categoria. Poia a grande maioria do trabalho realizado na cadeia produtiva da reciclagem é desempenhado pelos catadores e catadoras, e que ficam com a menor parte da riqueza produzida.

A principal pauta do MNCR é a implementação de um programa de pagamento por serviços ambientais, a exemplo do que acontece em Minas Gerais com o bolsa reciclagem.

Neste programa as associações e cooperativas recebem recurso financeiro de acordo com as toneladas encaminhadas a cadeia produtiva da reciclagem. 

Com estes recursos parte é destinada ao desenvolvimento dos empreendimentos, e aumento da reciclagem, e parte como valorização do trabalho dos catadores e catadoras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Guarnição Rosa no Corpo de Bombeiros de Canoas

  Amanhã  ocorre o segundo plantão realizado apenas por mulheres no Corpo de Bombeiros de Canoas.  Essa vai ser a segunda vez que a Guarniçã...