Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Ieda Maria Bilhalva: uma história com o olhar para o futuro


Desde o dia 1º de abril , Nova Santa Rita tem a profª Ieda Maria Bilhalva como a secretária Municipal de Meio Ambiente.
Já no segundo dia de sua administração, realizou reunião com defensoras da causa animal da cidade, juntamente com a prefeita Margarete Ferretti e o diretor de Meio Ambiente, Alexandre Blanco, estabelecendo metas e objetivos para a concretização do projeto de castração para os animais de rua. “Será uma das minhas prioridades a realização deste projeto”, disse.
HISTÓRIA:
Ieda tem uma longa história no município. Natural de Santana do Livramento, tem 54 anos, é casada há mais de 30 anos com o músico, ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Nova Santa Rita, Édio Bilhalva, Ieda tem três filhas - Michelle, Francielle e Andressa - e reside no município desde 1993.
É professora das escolas do município há mais de 20 anos, fazendo que, volta e meia, encontre alguns de seus antigos alunos e alunas pelas ruas e empreendimentos de Nova Santa Rita, e se enche de orgulho e alegria com esses reencontros. “É muito gratificante saber que participei da vida de tantas pessoas de uma forma tão positiva. Saber que estão bem hoje e focados em coisas produtivas é maravilhoso”, comenta.
Ieda tem formação superior em Ciências Biológicas e pós-graduação em Gestão e Educação Ambiental pela Universidade LaSalle. Antes, havia cursado já o técnico em Agente de Defesa Sanitária Vegetal e Licenciatura em Técnicas Agropecuárias, reforçando que sua preocupação com a Educação e o Meio Ambiente, suas principais bandeiras na política, não são de agora.
Graças ao marido Édio, foi muito próxima da política, mas sua experiência pessoal iniciou em 2014, quando foi coordenadora de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMAMA/SMEEC), além de atuar na área ambiental na Sala do Empreendedor, possibilitando, também, ser interlocutora do município no Consórcio Pró-sinos.
POLÍTICA:
Em 2016, concorreu pela primeira vez à vereadora. “Numa eleição, podemos ter fé no nosso trabalho duro, na nossa competência, mas é uma caixinha de surpresas, não há como ter muita certeza do êxito”. No dia do resultado da eleição, houve a confirmação: tinha sido eleita vereadora de Nova Santa Rita com 374 votos pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB). A única mulher eleita da atual e 7ª Legislatura.
Como vereadora, de janeiro de 2017 a março de 2019, Ieda obteve a aprovação para um total de 115 indicações para melhorias e 201 pedidos de providência. Oito projetos seus foram aprovados e mais dois estão em tramitação na Câmara, fazendo de Ieda uma das vereadoras mais produtivas do Legislativo.
PRESIDENTE DA CÂMARA :
No ano passado, tornou-se a segunda mulher a presidir o Legislativo Municipal, segundo maior Poder da cidade.
“Em uma sociedade machista, ser presidente da Câmara já é, em si, um grande desafio. Todos os dias temos que demonstrar que somos capazes. Mas foi uma experiência positiva e demonstrei que, sim, uma mulher pode fazer uma boa gestão, conciliando diferentes pontos de vista e sendo dura quando necessário para que os trabalhos fluíssem como deveriam”, enfatiza Ieda.
CONQUISTAS :
Entre os frutos de seu trabalho como presidenta da Câmara, Ieda considera como sua maior vitória a recuperação do acervo histórico e fotográfico da Câmara, em que pôde homenagear todos os ex-presidentes do Legislativo, que, por sua vez, sentiram-se muito honrados.
Além disso, Ieda inclui a realização do “1º Seminário do Meio Ambiente da Câmara de Vereadores”, tendo como tema a Água; a compra de um novo carro para Câmara, possibilitando o repasse de um veículo seminovo para ajudar no trabalho do Conselho Tutelar do município; e medidas para a segurança dos servidores e visitantes da Casa Legislativa, como o cercamento do estacionamento, a instalação de porteiro eletrônico e câmeras de videomonitoramento.
“Durante o ano, tivemos o desafio de organizar os projetos da obra da Câmara para que pudéssemos dar continuidade na mesma. Tivemos um ano chuvoso, o que dificultou a continuidade da obra, mas, em compensação, regularizamos todos os projetos para que a obra tivesse sua continuidade em 2019”, analisou.
No final de seu mandato como presidenta, Ieda ainda repassou para os cofres do município mais de R$ 514 mil, visando que o valor fosse revertido em melhorias para a comunidade, através do Executivo Municipal. O repasse foi feito após garantir mais R$ 900 mil para a continuidade da segunda fase de construção da sede da Câmara.
E, apesar das várias conquistas, Ieda queria ter feito mais. “Gostaria de ter revisado o Regimento Interno da Câmara, pois possui vários artigos dúbios de interpretação, além de ter avançado mais com a obra da Câmara, que, por motivos burocráticos e de tempo, demorou mais do que deveria”, disse.
EMENDAS :
Enquanto vereadora, mais de R$ 574 mil em investimentos para a cidade foram conquistados pela com intermédio do deputado federal Carlos Gomes (PRB). Com R$ 400 mil desse total, foram adquiridos: um trator 4x4, um triturador de resíduos, um gerador de energia e demais equipamentos - um eletrocardiograma, um sonar, uma autoclave, quatro ultrassons para fisioterapia, quatro ultrassons para odontologia, um eletrocautério, um
detector fetal e um divã tablado para fisioterapia - para o Posto de Saúde do Centro. Os R$ 174 mil restantes, obtidos em dezembro de 2018, foram para o custeio da Saúde do município.
SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE E FUTURO :
Em abril deste ano, Ieda iniciou um novo ciclo, deixando a vereança para assumir o desafio de comandar a Secretaria de Meio Ambiente.
Ela diz estar tranquila, pois tem mais de duas décadas de experiência na área, mas reconhece que é um grande desafio, afinal a demanda da secretaria é muito grande. “Acredito que essa nova etapa da minha vida profissional será um momento de grande crescimento profissional e, com o empenho de todos, faremos um ótimo trabalho”.
“Temos que priorizar o crescimento e o desenvolvimento de Nova Santa Rita otimizando licenciamento ambiental, afinal é isso que a maioria dos nossos empreendimentos necessitam. Por fim, temos que focar na Educação Ambiental em todas as faixas etárias, trabalhando a educação formal e informal para que possamos conservar nosso Meio Ambiente pensando no futuro e nas próximas gerações que estão por vir”.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arde a Chama Crioula,simbolo dos Festejos Farroupilhas

Aconteceu nesta manhã no município de Tenente Portela, localizado no noroeste do Rio Grande do Sul, a 72º Geração e Distribuição da Ch...