Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Negociação do preço do Fumo é suspensa sem avanços


A Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), as Federações dos Trabalhadores Rurais (Fetag, Fetaesc e Fetaep) e as Federações dos Sindicatos Rurais (Farsul, Faesc e Faep) recederam as empresas fumageiras para discussão.
Depois de dois dias de intensos debates, a Comissão de Representação dos Produtores de Fumo decidiu interromper as negociações pelas propostas acanhadas das empresas fumageiras.
Carlos Joel da Silva – Presidente da FETAG-RS afirma que “é vergonhoso o debate que tivemos nestes dois dias. As empresas não estão pensando no produtor, que é o mantenedor da indústria. Elas não apresentam propostas que chegam no custo de produção do agricultor. Além das empresas oferecerem propostas abaixo do custo de produção, propuseram aumentos diferenciados por classe. Inclusive uma empresa apresentou baixa nos preços de algumas classes em relação à safra passada. As entidades não podem aceitar esse descaso.”
As entidades decidiram que apenas voltarão a discutir preços com as empresas se estas apresentarem propostas que realmente beneficiem o produtor. Ainda, alertam os produtores para que pressionem as empresas em relação às suas produções.

Fonte : Hoana Talita Gehlen  R.P  Fetag/RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bloqueio na BR-116 em Canoas, no domingo

A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Rio Grande do Sul (DNIT/RS), por meio da Unidad...