Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Legado como Prenda Gaúcha no Planalto Central


Meu nome é Cleunice Brizola da Silva, casada com Alberi Martins da Silva tenho uma filha Alcimara Brizola da Silva 23 anos, nasci e me criei no Rio Grande do Sul, na cidade de Palmeira das Missões interior Espinilho das Missões distante 13 KM de Palmeira.
No Rio Grande do Sul nunca tive contato algum com o Movimento Tradicionalista, quando menina ia visitar minha Vovó na cidade passava em frente do CTG Galpão da Boa Vontade nas janelas tinham rodas de carroça como decoração eu achava tudo muito lindo, mas ouvia falar que entrava lá quem tinha recursos financeiros, o que não era o caso da minha família na época, muitas vezes quando estava passando em frente escutava as musicas tocando, contato com musica Gaúcha somente pelo Radio de pilha.
Casei muito jovem e fui morar no Mato Grosso em Sorriso, no Ano de 1991 tive meu primeiro contato com o tradicionalismo levados por amigos no CTG Recordando Os Pagos, onde fiquei apaixonada e também comprei meu Primeiro vestido de Prenda meio caipiruxo, a partir de então começamos a frequentar os eventos eu e meu marido, no de ano 1994 fui morar em Lucas do Rio Verde onde também frequentava os bailes Pilchados, no ano de 1995 tive minha filha, assim que cresceu um pouco eu levei para participar e ensaiar na invernada MIRIM do CTG Sentinela da Tradição em Lucas do Rio Verde MT – onde ela participou de apresentações locais.
No ano de 2005 mudamos em definitivo para Luis Eduardo Magalhães Bahia, Cidade onde moro atualmente, chegando aqui já fui me informar sobre o CTG, Onde conhecemos o CTG -  Sinuelo dos Gerais, onde começamos a frequentar minha filha foi ensaiar e dançar na invernada MIRIM e EU como mãe presente me envolvia cada vez mais nas atividades do CTG, seja ajudar na coordenação nos eventos festivos dedicação total.
Foi então no ano de 2009 que teve o concurso de Prendas e Peões no CTG, onde minha filha participou na Categoria Juvenil e Eu na Categoria Veterana sendo Eu a Primeira Prenda do Sinuelo dos Gerais a participar até então nessa categoria fazendo história no meu amado Sinuelo.
No mesmo ano levados pela coordenadora do CTG Sinuelo dos Gerais fomos participar do Concurso de Prendas e Peões do Planalto Central Juntamente com as Prendas das outras categorias. Nessa época o MTG – PC, ainda era uma, Federação Tradicionalista Gaúcha do Planalto Central, foi tudo maravilhoso e encantador cada descoberta e conhecimento adquirido me tornei a 1ª Prenda Xiru na época não tinha a categoria Veterana foi tudo muito intenso trabalhei muito na organização dos eventos nos Rodeios e Fegarps realizados pelo Federação e pelo meu CTG. O período do Prendado passou Voando, mesmo não sendo mais Prenda de Faixa o Trabalho foi continuamente pelo nosso movimento Tradicionalista, também dançava na invernada veterana do meu CTG – sempre ativa como mãe e tradicionalista que me tornei.
No ano de 2016 novamente teve concurso para Formação do Prendado e Peonado, e fui convidada a participar novamente do Concurso agora sim na categoria certa VETERANA, onde aceitei o desafio pela segunda vez e fui eleita 1ª Prenda Veterana do Meu CTG, e por fim cheguei a 1ª Prenda Veterana MTG / PC.
O frio na Barriga e a responsabilidade só aumenta! Agora com mais experiência e conhecimento, o trabalho não pára! Seja como integrante da invernada Veterana ou ajudando na coordenação das invernadas, nos Rodeios... na organização da Semana Farroupilha, Missa Crioula... Ensaiando a invernada Dente Leite futuros dançarinos da invernada MIRIM, enfim, é tudo muito intenso além de conciliar o trabalho, o papel de dona de casa, mãe, esposa e 1ª Prenda. Mas sem dúvida é muito gratificante e prazeroso.
Sempre que possível procuro estar presente nos Eventos do meu querido MTG Planalto Central, e como resido em Luis Eduardo Magalhães Oeste da Bahia distante quase 500 KM do Planalto Central é um pouco distante, mas isso nunca foi empecilho. Seja de Ônibus, de Carona com amigos estamos sempre presentes nos eventos do MTG PC, ajudando nos eventos para o bom andamento de tudo, principalmente nos FEGARPs, onde temos contato com os avaliadores que vem do Rio Grande do Sul.
O trabalho de uma Prenda é continuo independente de ter ou não uma faixa de couro, e eu digo sempre uma vez Prenda Sempre Prenda, é o amor pelo Movimento Tradicionalista que nos move e nos faz trabalhar integralmente para que as coisas dêem certo sempre. Fora as amizades que o Prendado nos proporciona, que isso também não tem preço, é nossa obrigação e dever passar as nossas experiências e conhecimentos para as novas gerações - para que o nosso movimento se perpetue cada vez mais e mais...

Por :Tanise Ramos Feliciani

2 comentários:

  1. Parabéns prenda, nós como prendas temos muito que aprender e ensinar sobre nossa linda cultura, sou 2º prenda Veterana 4º RT MTG/MT, tenho muito orgulho disso e concerteza continuaremos passando nossa tradição de geração em geração.

    ResponderExcluir

Imigrantes venezuelanos chegam hoje a Canoas

Nesta tarde, casais venezuelanos com filhos desembarcarão no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, e seguem até Canoas. As famílias fi...