Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Notificados moradores do Loteamento Prata por descarte irregular de lixo

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, com o apoio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, Guarda Municipal e Brigada Militar, realizou nesta tarde uma ação de fiscalização contra o descarte irregular de lixo em alguns pontos do Loteamento Prata, no bairro Fátima.
De acordo com o secretário adjunto da SMMA, André Arnhold, o trabalho realizado começou a ser executado através de denúncia, sendo solicitado ao setor de inteligência da fiscalização ambiental uma investigação mais detalhada da situação. "Através desta investigação, foi identificada uma situação de irregularidade quanto a separação de lixo domiciliar. O descarte do rejeito é inadequado, causando um impacto ambiental tanto na geração de matéria orgânica inapropriada para solo, quanto na criação de abrigo para parasitas e vetores de doenças", explica André.
Os responsáveis pela residência onde se encontrava o maior acúmulo de lixo foram notificados e proibidos de receberem novas cargas. Com relação a continuidade do trabalho, a SMMA garante que estão sendo investigados todos os envolvidos nesta ação. "Tão logo sejam identificados pelo setor de inteligência, a prefeitura tomará as medidas cabíveis", ressalta o secretário adjunto, destacando que há suspeitas de que este material possa também vir de outros municípios da região metropolitana de Porto Alegre.
A limpeza do local e o recolhimento do rejeito é de responsabilidade do autor do descarte. O secretário adjunto de Serviços Urbanos, Paulo Osório, explica que será feita autuação do gerador do descarte da carga assim que for identificado pelos fiscais. "Caso esta situação não ocorra nos próximos dias, a prefeitura fará o recolhimento e, posteriormente, a cobrança do responsável", comenta Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carreta com torre eólica tomba na BR 116

Uma carreta carregando parte de uma torre eólica tombou na BR 116, em Guaíba. O veículo, que vinha do Sul do Estado, sofreu o acidente en...