Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Canoas promove respeito pela diversidade

"A cultura de paz só existe quando enfrentamos o preconceito, construímos relações de respeito, garantimos que todos sejam cidadão e cidadã. E é isso que nós queremos aqui, semear em todas as crianças, adolescentes e jovens uma cultura da paz e tolerância, porque é este o legado que ficará para o futuro, uma Canoas cada vez mais uma cidade da paz", declarou o prefeito Jairo Jorge durante o lançamento do Projeto Canoas Diversidade e do aplicativo Canoas Diversidade, eixos do Programa Cultura de Paz nas Escolas, que ocorreu nesta tarde, no Auditório Sady Schiwitz.
Jairo Jorge ressaltou ainda que só se quebra o preconceito com a informação, pois é ela que tem poder de libertar e de tornar todos iguais diante das oportunidades e dos direitos, respeitando a individualidade e a diversidade de cada um (orientação sexual, cor, religião, ideologia e classe social).
O secretário especial da Coordenadoria das Políticas das Diversidades e Comunidades Tradicionais,  Rogério Ambieda, o Tigre, ressaltou que o Canoas Diversidade tem por objetivo fortalecer o combate a todas as formas de preconceito em uma capacitação de entendimento de conceitos de diversidade sexual e de gênero, além de fomentar a discussão na área da prevenção em saúde e proporcionar melhor entendimento e qualidade de propagação da temática no universo escolar de Canoas.

Para o secretário municipal de Educação, Eliezer Pacheco, na medida em que a Prefeitura, além de planejar a cidade, se preocupa com políticas que impeçam a violência, com a Cultura de Paz nas Escolas, que ensina o respeito, a fraternidade, a amizade entre as pessoas, ela contribui para que se tenha uma sociedade de respeito ao semelhante na sua diversidade, na sua diferença.
Aplicativo:

O aplicativo Canoas Diversidade já está disponível e pode ser baixado no Smartphone no Play Store. Ele dispõe de conteúdo pedagógico de caráter formativo e informativo para atuação no fortalecimento do combate de todas as formas de preconceito. No menu também constam conteúdos estáticos assim como conteúdos editáveis e atualizados, semanalmente, propiciando maior interação no tema e esclarecimento de duvidas eventuais. A ferramenta que contém serviços, orientações sobre direitos humanos, foi elaborada pela Coordenadoria das Diversidades, CanoasTec e Secretaria de Comunicação.

Ciclo de Debates:

A partir do lançamento do Canoas Diversidade, será realizada caravana, por meio da Coordenadoria das Políticas das Diversidades,  debates nas escolas das redes municipais e estaduais e EJA de Canoas para trabalhar de prevenção e conscientização a todas as formas de preconceito. As palestras começam na segunda quinzena de junho e segue até outubro. O conteúdo do aplicativo servirá como material didático para pesquisa e trabalhos escolares.
Nesta segunda-feira foi realizada a formação inicial do Ciclo de Debates que tratou de Direitos Humanos: Diversidade sexual e crianças e adolescentes. As palestras foram ministradas por Fábulo Nascimento da Coordenadoria das Diversidades e Maria Celeste da assessoria superior de Direitos Humanos da Prefeitura.
Formação continuada:

O Projeto contará também com a formação continuada de aproximadamente 100 a 150 servidores da Educação e da Saúde, dividas em módulos, no período de julho a setembro.

Cultura de Paz nas Escolas:

O Projeto Canoas Diversidade é um dos eixos do Programa Cultura de Paz nas Escolas da Secretaria Municipal de Educação, que tem o desafio de resgatar a dignidade da vida e da existência humana. A proposta é desenvolver potencialidades e colocar a escola como polo articulador de diferentes atividades, que serão ou já estão sendo, desenvolvidas, além de unir esforços para enfrentar a banalização da violência. O intuito é construir o espírito de respeito mútuo aos mais velhos, professores e colegas, na perspectiva de uma mudança cultural.

Presença:

Participaram do ato a vice-prefeita Beth Colombo, a secretária-adjunta municipal de Saúde, Ana Boll, representando a Câmara de Vereadores de Canoas, vereador Paulinho de Ode, professores, supervisores e gestores das redes municipal e estadual e servidores da área da saúde, comunidade LGBT, além dos secretários Eliezer Pacheco e Tigre, e do prefeito Jairo Jorge.


Fonte:Alessandra Obem/Secom PMC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Guarda Municipal detém homem por ocorrência de Maria da Penha

A Guarda Municipal de Canoas foi acionada para atender uma ocorrência de agressão a mulheres no bairro São José, nesta madrugada . No lo...