Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Academias ao Ar Livre: Prefeitura realiza consertos semanalmente

Uma equipe da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SMEL) faz, semanalmente, os consertos necessários em equipamentos de Academias ao Ar Livre. Cerca de dez aparelhos instalados em parques e praças do Município são danificados por mês, por mau uso e por atos de vandalismo. O trabalho não para.
Atualmente, Canoas tem 38 academias ao ar livre que oferecem a possibilidade de praticar atividades físicas e cuidar da saúde sem custo. Cada academia conta com equipamentos de pressão nas pernas duplo, esqui duplo, simulador de caminhada duplo, simulador de cavalgada duplo, exercitador com seis funções, surf duplo e rotação vertical dupla. Além disso, monitores auxiliam os usuários em horários determinados. O investimento individual de instalação de cada academia (aparelhos e material de construção) é de R$ 22 mil.
Proporcionalmente, em relação ao número de habitantes, Canoas é a cidade do Rio Grande do Sul com o maior número de Academias ao Ar Livre. No total, são 380 aparelhos, dez por academia. Para o segundo semestre deste ano, há a previsão de instalação de mais duas, uma na Praça Torino (Bairro Guajuviras) e outra no Recanto Ferrari (Bairro Niterói).
Enquanto não são instalados nas novas academias, os equipamentos ficam guardados na área do Centro Olímpico Municipal, no Bairro Igara. Mas a população não precisa ficar preocupada com a ação do tempo. "Não há problema dos equipamentos estarem lá. Eles podem ficar ao ar livre, pois foram projetados para isso", diz o secretário municipal de Esportes e Lazer, Edimilson Tresoldi.

Fonte: Luiz Roese Secom/PMC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cultura Basilar ponto de vista por Paixão Cortês

Não podemos admitir que as pessoas enriqueçam financeiramente, tão somente, mas que tenhamos um posicionamento que represente o desenvolvi...