Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Festival começa com homenagem a José Wilker

O 42º Festival de Cinema de Gramado começou movimentado no tapete vermelho e dentro do Palácio dos Festivais. O filme de abertura foi “Isolados”, de Tomás Portella, que passou pelo tapete com os atores Bruno Gagliasso, Regiane Alves e equipe. O longa marca a última participação do ator José Wilker no cinema. 
 “É uma pena não ter José Wilker hoje com a gente”, lamentou Portella, “mas pelo menos o eternizamos de alguma forma com este filme”. O diretor, que celebrou o fato de ter seu filme concorrendo em um lugar onde tantos nomes e filmes do cinema brasileiro se consagraram, também trabalhou com Mariana Vielmond, filha de Wilker, que é roteirista do filme.
 Vielmond, junto com a viúva do ator Cláudia Montenegro receberam uma placa do Festival em forma de agradecimento a Wilker, que durante anos foi apresentador do evento e, nas duas últimas edições, atuou como curador ao lado de Marcos Santuario e Rubens Ewald Filho. “É difícil conter a emoção neste momento. Uma homenagem como essa faz com que meu pai fique aqui conosco. Ele me trouxe 10 anos atrás para este festival, e só tenho recordações muito boas daqui”, comentou Vielmond.
 O segundo filme da noite foi “A Despedida”, de Marcelo Galvão, abrindo a mostra competitiva de longas brasileiras. O diretor, que, em 2012, consagrou-se no Festival com “Colegas”, mais uma vez conta uma história de sua vida. “Este Festival sempre foi muito querido para mim. Dois anos atrás estive aqui contando uma história inspirada em fatos da minha vida. Agora retorno com esta proposta. Gosto de falar sobre as coisas que eu realmente conheço”, comentou o diretor, que rodou “A Despedida” em apenas dez dias. Além de Galvão, Nelson Xavier, Juliana Paes e equipe passaram pelo tapete vermelho e também apresentaram o filme.
No registro fotográfico abaixo o jornalista Cauê Nascimento e a atriz Juliana Paes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MC Jean Paul fará show gratuito no sábado em Canoas

O bairro Mathias Velho, será palco de uma grande festa no sábado (21). O programa Prefeitura Tá na Área,oferece serviços aos moradores e f...