Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Crianças do Pão dos Pobres mostram sonhos na Expointer

Uma parceria entre a Fundação O Pão dos Pobres e a Trajano Silva Remates irá possibilitar que os visitantes da Expointer, maior feira agropecuária da América do Sul, conheçam um pouco da história das crianças e adolescentes em vulnerabilidade social que são atendidos nos projetos socioeducativos da instituição. Os três quadros pintados para o projeto “Por trás dos sonhos”, ação especial criada pela DM9Sul, serão mostrados durante toda a Expointer, no escritório da Trajano Silva em Esteio, e serão colocados à venda durante o tradicional Leilão Quarter Sul da raça Quarto de Milha, que acontece no dia 3 de setembro, na pista B.
“A parceria de longa data com a Trajano é de extrema importância para o Pão dos Pobres. Não somente por oportunizar espaços para amplificar a divulgação do nosso trabalho, mas também pela seriedade e transparência, que combina com a nossa atuação”, ressalta João Rocha, gerente sócio-educativo do Pão dos Pobres. "Somos apoiadores o ano inteiro. Sempre que há alguma ação que podemos envolvê-los do ponto de vista institucional, não só com a Trajano Silva, mas também com os clientes a nós vinculados, procuramos manter e estimular esta parceria", complementa Marcelo Silva, diretor da Trajano Silva Remates.
O projeto “Por Trás dos Sonhos” envolveu 21 crianças e adolescentes que frequentam o Pão dos Pobres, convidando-os a pintarem seus sonhos em uma tela. No verso de cada uma, artistas plásticos brasileiros pintaram a realidade dessas crianças. Por isso o nome “Por Trás dos Sonhos”. A produção foi registrada em fotos e vídeos, e compartilhada com os artistas para que pudessem entender os sonhos e a realidades dos educandos da instituição que depende de doações. As obras já foram exibidas no Palácio Piratini, no Gasômetro e no Shopping Iguatemi. O valor da venda dos quadros é revertido em melhorias na Fundação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Projeto resgata importância da cultura africana no RS

O Alabê Ôni  - grupo de músicos pesquisadores de percussão e manifestações de raiz africana do Rio Grande do Sul - lançou oficialmente on...