Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Novidades para a saúde de Canoas

Ontem foi um dia de grandes novidades na área da saúde, com o anúncio de importantes investimentos para Canoas. De uma só vez, acontecem as solenidades de reinauguração da Emergência do Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC), os anúncios da construção do heliponto do HPSC e da ampliação do atendimento nas áreas clínica e cirúrgica do Hospital Universitário (HU) e a inauguração do CAPS Álcool e Drogas (AD) III Travessia.
O ministro da Saúde, Arthur Chioro, e a secretária estadual da Saúde, Sandra Fagundes, participaram das solenidades, ao lado do prefeito Jairo Jorge e do secretário municipal de Saúde, Marcelo Bósio. Antes da cerimônia, o ministro visitou as novas instalações do HPSC, acompanhado pelo prefeito Jairo Jorge.
O prefeito Jairo Jorge destacou que todos os investimentos foram pensados para acolher bem a população que precisa do atendimento em saúde. Ele também agradeceu à presidente Dilma Rousseff e ao governador Tarso Genro pelas parcerias que tornam possíveis a melhoria do sistema. "Estamos ampliando o atendimento no Hospital Universitário e no Pronto-Socorro. Com essas parcerias, estamos buscando o melhor para a população", comentou o prefeito.
O secretário municipal da Saúde, Marcelo Bósio, destacou que o Munícipio está bem servido no atendimento de urgência e emergência com o HPSC, as cinco Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e as emergência do Hospital Nossa Senhora das Graças e do Hospital Universitário (HU). "Estamos sendo referência para o Estado e cumprindo nosso papel como gestores municipais em prol da população de Canoas", disse Bósio.
A secretária estadual de Saúde, Sandra Fagundes, declarou que sabe de amigos que escolheram Canoas não só para trabalhar, mas também para viver, graças ao momento em que vive o Município. Ela fez importantes anúncios para o Município. Um deles foi que o governo do Estado vai aumentar o repasse mensal para o HPSC, de R$ 2,8 milhões para R$ 4 milhões. Sandra também confirmou que o Estado vai aumentar os repasses para o HU, possibilitando mais consultas e cirurgias.
Por último, o ministro Arthur Chioro, diz que ficou impressionado com o trabalho do Município em relação à área de saúde. Ao visitar as instalações do HPSC, ele já comentou que houve uma "verdadeira transformação" dentro do hospital. Para Brasília, Chioro levará uma impressão muito boa. "Saio de Canoas convicto que a cidade se agregou à lista dos municípios como exemplo do SUS que dá certo. Porque um hospital sozinho, mesmo reestruturado, não faz nada, se não tiver uma rede estruturada", falou Chioro. 
Da cerimônia no HPSC, participaram ainda o presidente do Conselho Municipal da Saúde, Mário Dhein, a presidente do Sistema de Saúde Mãe de Deus, irmã Lúcia Boniatti, e o deputado estadual Nelsinho Metalúrgico, além de secretários, subprefeitos e vereadores. Depois da solenidade, o ministro visitou o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) III Travessia 24 Horas, no centro de Canoas, acompanhado pelo prefeito, pela secretária estadual de Saúde e pelo secretários municipal de Saúde. Esse CAPS foi inaugurado nesta quinta-feira.


HU recebe ampliação:

Entre as principais novidades na área de Saúde de Canoas, estão vários e importantes investimentos no Hospital Universitário (HU). Confira algumas dessas mudanças:
- De cinco para dez salas cirúrgicas - passando de 450 cirurgias/mês para 1.330 cirurgias/mês
- Fisioterapia (implantação) - 10.800 sessões/mês
- Leitos Gerais - de 412 para 580
- Leitos de UTI - de 66 para 86
- Ambulatório em novo local no Prédio Anexo (térreo)
- Banco de sangue - O HU terá banco de sangue próprio, com capacidade para coletar 1.073 bolsas/mês.
- Ampliação de 7.000 consultas mensais, aumentando de 10.500 para 17.500 consultas/mês.


Mais um CAPS 24 Horas:


Também ocorreu a inauguração mais um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) III Travessia 24 Horas. Com isso, os usuários de Saúde Mental dispõem de três opções com atendimento ininterrupto no Município. A mais nova delas é o CAPS Travessia AD III 24 Horas, na Rua Sepé Tiaraju, 116, no Centro.

CAPS AD III Travessia
- Atendimento de uma equipe multiprofissional
- Acompanhamento dos familiares, por meio de conversas com a equipe multiprofissional e reuniões, para orientar o cuidado adequado ao usuário 
- Atendimento "porta aberta" para usuários de álcool, crack e outras drogas, sem necessidade de agendamento
- 10 camas para acolhimento noturno


HPSC com melhor atendimento:
No HPSC, agora, há mais profissionais e mais salas, onde pacientes e familiares esperam menos tempo por atendimento e informações. Quando o paciente é encaminhado para atendimento, os acompanhantes podem saber, por meio de um telão, pelo número da senha, onde está o paciente.
Pronto-Socorro
- Reforma de todas as instalações
- Logo depois do primeiro atendimento, o paciente já recebe uma classificação de risco - vermelho (emergência), amarelo (urgência), verde (semi-urgência) e azul (não urgência) -, em que os casos mais urgentes recebem prioridade, e é encaminhado ao setor específico
- Pacientes ficam em locais separados de acordo com o atendimento que necessitam, como clínica geral, pediatria e traumatologia.
- HPSC agora dispõe do Serviço de Apoio ao Usuário (SAU), em uma sala com poltronas, televisão, banheiros e fraldário


Heliponto agilizará socorro:


Durante a visita do ministro, também foi anunciada a construção de um heliponto (local de pouso para helicópteros) junto ao HPSC, que permitirá mais agilidade para o transporte de pacientes ao hospital. Os recursos e a equipe médica de apoio serão disponibilizados pelo governo do Estado.
Heliponto
- Ponto de pouso para helicópteros junto ao HPSC
- Antes mesmo da conclusão do heliponto, será instalado um ponto de pouso provisório no V Comando Aéreo Regional (V COMAR), de onde os pacientes serão transportados de ambulância até o HPSC
- Município ficará responsável pelos projetos para estrutura definitiva
- Polícia Rodoviária Federal disponibilizará helicóptero e piloto para fazer o transporte, principalmente, de acidentados em rodovias da Região Metropolitana
- Equipe de apoio médico do helicóptero será de responsabilidade do governo do Estado


Fonte: Luiz Roese Secom/PMC 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

500 cavalarianos desfilam em Canoas

As ruas bairros Mato Grande, Centro e  Fátima estiveram cheias na manhã de ontem  para saudar o Desfile Farroupilha. Cerca de 500 cavalar...