Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Morre, o ambientalista Augusto Carneiro

Augusto Cesar Cunha Carneiro, 91 anos, morreu nesta madrugada, no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, onde estava hospitalizado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) desde fevereiro.
Um dos fundadores da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan) em 1971, junto com José Lutzenberger, Carneiro foi um ícone no ambientalismo gaúcho. Determinado, defendeu seus ideais até a morte, que acontece dois anos após ter perdido a mulher, Rosalinda Teixeira Carneiro com quem viveu por 35 anos.
Carneiro será velado no Cemitério São Miguel e Almas e o sepultamento está marcado para as 19h.
Compartilhando as mesmas ideias de José Antônio Lutzenberger, o porto-alegrense Carneiro ajudou a fundar a Agapan no início dos anos 1970. “Foi a primeira associação de ambientalistas no Estado. Foi um grande marco na defesa do meio ambiente do país”, destacou a filha Andréia Maranhão Carneiro. Ela lembrou que o aumento da população mundial e da industrialização, que resultavam em desperdício de recursos naturais, começaram a preocupar muito a geração do seu pai. “Para fundar a Agapan, eles fizeram uma reunião no Parque Zoológico, em Sapucaia do Sul, e todas as segundas-feiras se encontravam numa sala do Edifício Ouvidor, na Rua dos Andradas, para conversar, ouvir palestras e discutir assuntos envolvendo o meio ambiente”, contou Andreia.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Morre o mágico Tio Tony

O mágico mais conhecido de Porto Alegre morreu no início da tarde desta segunda-feira. Tio Tony estava internado no Hospital Independênci...