Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Supermercados homenageiam empresas e personalidades

Supermercadistas, fornecedores e autoridades de todo o País se reuniram em Porto Alegre, na noite de segunda, para a cerimônia de premiação e de homenagens que marcou os 30 anos do troféu Carrinho Agas. O encontro reuniu mais de 900 convidados da classe empresarial, autoridades, profissionais de imprensa, supermercadistas, distribuidores e fornecedores na Casa NTX, espaço que recebeu pela primeira vez a cerimônia, promovida anualmente pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas).
Nesta edição, o Carrinho Agas 2013 reconheceu o trabalho de 31 empresas e personalidades que se destacaram em suas áreas de atuação e que mais contribuíram, na opinião dos 321 maiores supermercadistas do Estado, para o desenvolvimento do varejo e da economia gaúcha ao longo do ano. A seleção dos agraciados foi desenvolvida em parceria com a Nielsen Brasil, a partir de critérios como share de mercado, atendimento, qualidade dos produtos, prazo de entrega dos pedidos, índices de ruptura, investimentos em novidades, promoções realizadas e relacionamento.
Em seu discurso, o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo pontuou reivindicações do segmento supermercadistas em níveis estadual e federal, como a necessidade de creditamento do ICMS da energia elétrica utilizada pelos supermercados para fins industriais, sobretudo para a conservação do frio e a produção de pães, tortas e alimentos. “Hoje, um terço do valor pago pela conta de luz é de impostos. Além disso, se somos cobrados quando há uso excedente da energia elétrica contratada, não entendemos porquê não somos restituídos quando utilizamos menos energia do que o estabelecido em contrato”, afirmou Longo. 
 Conforme o presidente da Agas, o aumento na demanda de consumo com as festas de fim de ano evidenciará os problemas logísticos do País. “A logística segue sendo outro grande gargalo do nosso setor, e os problemas estruturais brasileiros obrigam os supermercados a manterem um estoque maior do que o necessário, em cerca de 10 dias, onerando-os com um valor de cerca de R$ 2 bilhões, que poderiam estar gerando mais renda e estão locados como estoque de segurança, aumentando o risco de vencimentos e quebras de produtos”, destacou o dirigente.
Principal novidade desta edição, o Prêmio Sustentabilidade Agas destacou a iniciativa supermercadista que melhor refletiu a preocupação dos supermercados com a preservação ambiental. O vencedor é o Supermercado Guanabara, de Rio Grande, que há seis anos integra colaboradores e clientes em um projeto intitulado “Ações verdes”. A campanha abrange a produção de sacolas retornáveis, o reaproveitamento das caixas de papelão pelos consumidores, a revitalização sustentável das lojas e especialmente o Dia Verde Guanabara, que possibilita à comunidade diversas ações relacionadas ao meio ambiente, como palestras educativas, espaços para fornecedores oferecerem gratuitamente serviços e produtos sustentáveis, gincanas e coletas de lixo reciclável que são trocadas por sacolas retornáveis.
Patrocinado pela GS1 Brasil e pela Braskem, o troféu Carrinho Agas entregue neste ano leva a assinatura do artista plástico gaúcho Caé Braga, e traz o carrinho como símbolo do setor supermercadista. Atrás dele, estão representados os três principais personagens que fazem com que o setor se desenvolva: o fornecedor, o consumidor e o supermercadista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Projeto resgata importância da cultura africana no RS

O Alabê Ôni  - grupo de músicos pesquisadores de percussão e manifestações de raiz africana do Rio Grande do Sul - lançou oficialmente on...