Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Operação Leite Compen$ado III

O Ministério Público deflagrou hoje, em Três de Maio, no noroeste do Estado, a Operação Leite Compen$ado III. Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em quatro locais. Entre o material recolhido estão anotações, notas fiscais e documentos, além de produtos químicos. Também há mandados de busca e apreensão contra três caminhões de transporte de leite. 
Uma quadrilha adicionava produtos químicos ao leite com a finalidade de mascarar a adição da água e aumentar o volume do produto final para, com isso, elevar a lucratividade. Isso causa redução do valor nutritivo do leite e sérios riscos à saúde dos consumidores. Além disso, eles também colocavam peróxido de hidrogênio (água oxigenada) para elevar a durabilidade do leite, já que o produto químico atua como bactericida. Na prática, o grupo comprava leite prestes a vencer por preço até 50% inferior ao do mercado e, após a manipulação com o peróxido de hidrogênio, repassava para a indústria. O produto elimina as vitaminas A e E e, em altas concentrações, prejudicando a flora intestinal.
A fraude foi detectada a partir de denúncia depois da assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para a melhoria do controle de qualidade do leite recebido. Três relatórios do laboratório da Unidade Integrada do Vale do Taquari de Ensino Superior (Univates), credenciado pelo Ministério da Agricultura, apontaram presença de água oxigenada, o que é proibido pelas normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

A fraude:

Conforme as investigações, um transportador de 31 anos chefiava uma quadrilha composta pela esposa dele, de 32, e, pelos seus sobrinhos. Os dois seriam os motoristas do grupo, enquanto a mulher seria sócia do marido e proprietária de todos os bens adquiridos através do crime.
O homem construiu um galpão com portão de correr para que os caminhões, assim que entrassem, fossem escondidos. Isso serviu para despistar a movimentação logo depois da primeira fase da Operação Leite Compen$ado. Nos 15 dias subsequentes à ação, as atividades da quadrilha foram paralisadas.
Conforme relatório da Receita Estadual, o homem foi o responsável, no último ano, pela compra de 25 kg de bicarbonato de sódio, 400 kg de hidróxido de sódio e 110 kg de peróxido de hidrogênio. Representantes do Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro) foram enviados para o município de Boa Vista do Buricá, ao lado de Três de Maio, onde foram feitas análises para a detecção de água oxigenada e outros solutos no leite coletado dos transportadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Morre a atriz Eva Todor

Morreu hoje decorrente de uma pneumonia aos 98 anos a atriz Eva Todor. O velório ocorre amanhã das 9 às 11 h no Teatro Municipal do Rio d...