Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

No primeiro ano de funcionamento, PEVs mudam cenário visual e ambiental de Canoas

A conquista de condições ambientais mais próximas do ideal é uma via de mão dupla. Depende de ações do poder público, mas que só sobrevivem com adesão da comunidade. Neste sentido, a Prefeitura de Canoas pode celebrar o resultado da implantação dos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs).
Em 2019, diversos espaços da cidade que recebiam grandes volumes de lixo, descartados irregularmente, foram revitalizados e receberam caixas estacionárias para destinação destes resíduos. A iniciativa da Prefeitura, além de visar a melhoria de locais até então insalubres, buscou dar tratamento correto aos materiais, inclusive os reaproveitando.
Em pouco mais de um ano, foram removidos 34,5 mil m³ de materiais entregues nos PEVs. A quantidade equivale a quase 7 mil caçambas cheias de resíduos que passam por tratamento e são reaproveitados na Usina de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil (RCC). Após passarem por um processo de triagem manual e mecânica, britagem e peneiramento, os resíduos dão origem a insumos (areia, pedrisco e britas) utilizados pelo município em pavimentações e obras.
Segundo a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSU), a reutilização dos materiais chega a representar uma economia de R$ 600 mil mensais para os cofres da cidade. Este resultado vai além da simples implementação dos PEVs e está estreitamente ligado ao trabalho diário da SMSU, que conta com diversas equipes envolvidas no processo, e à população. Entre elas, está a dos chamados fiscais de campo, que circulam de moto por todos os quadrantes do município, vistoriando todas as áreas em que há descarte e reportando a necessidade de ação nestes locais.
Além do monitoramento, os fiscais também orientam a comunidade sobre o descarte de resíduos. E é, principalmente, a partir desta orientação que se verifica a adesão que dá origem a um resultado tão benéfico para a cidade.
Ecopontos terão funcionamento ampliado :
Além dos PEVs, Canoas conta ainda com Ecopontos, que são espaços especiais para descarte de resíduos sólidos que não sejam lixo domiciliar. Estas estruturas terão seu período de funcionamento aumentado. A ampliação fará com que os Ecopontos, a partir de agora, estejam em atividade durante os sete dias da semana, das 9h às 18 horas.
No mesmo período de um ano, considerado para os PEVs, os Ecopontos geraram mais de 22 mil m³ de resíduos, o equivalente a 4,5 mil caçambas de materiais, que são tratados e também dão origem a matérias-primas para obras municipais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRF apreende mais de 100 kg de maconha e prende dois homens em Lajeado

A polícia Rodoviária Federal prendeu uma dupla de traficantes com mais de 100 quilos de maconha na noite de ontem na BR 386, em Lajeado. Dur...