Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Esclarecimento em relação a contrato na área da saúde


A Secretaria da Saúde, em relação ao contrato 64 com o Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG) esclarece que:
1) Mesmo que a responsabilidade do pagamento das indenizações trabalhistas e demais encargos relacionados ao desligamento dos funcionários seja do Hospital, a Secretaria da Saúde acompanha de perto o tema, buscando alternativas que atendam aos diretos dos trabalhadores sem trazer prejuízos à população;
2) Entre as ações, o Município realizou aditivo ao outro contrato firmado com o HNSG. Mediante aumento de produtividade, o repasse mensal ao hospital foi aumentado, visando justamente garantir o pagamento dos direitos trabalhistas dos funcionários;
3) O HNSG, em parceira com a Secretaria da Saúde, está tentando viabilizar um empréstimo bancário, tomado pelo hospital, para garantir a quitação das indenizações.
4) A Secretaria ressalta, ainda, que tem mantido diálogo permanente com os sindicatos das categorias atingidas para mitigar os prejuízos, sempre respeitando a legislação;
5) Cabe lembrar que o Contrato 64 foi assinado em 2013, com duração de cinco anos, renovável por mais um em caráter excepcional. Ou seja, sua continuidade é vedada por lei. O encerramento do contrato em 31 de julho é de conhecimento de todas as partes há, pelo menos, um ano;
6) A Secretaria reafirma que não existe a possibilidade de fechamento de nenhuma UPA ou UBS após o encerramento do contrato. Para garantir a assistência integral à população, tem trabalhado para reposição de profissionais. Dos 134 técnicos de saúde – como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem – que precisarão ser substituídos com o fim do contrato 64, nesta semana, 80 deles já estão aptos a atuarem na rede municipal. Os outros iniciam as atividades até a última semana de julho. Já para repor os 156 profissionais que atuam nas recepções e higienização das unidade, a Prefeitura de Canoas lançou um edital para contratação de empresa terceirizada. O nome da vencedora já foi conhecido e o contrato deve ser assinado nos próximos dias.
7) Em relação à paralisação anunciada para quarta-feira, a Secretaria Municipal da Saúde elaborou plano de contingência para minimizar os impactos à população. Em parceria com a Fundação Municipal de Saúde, serão rearranjados profissionais, priorizando os atendimentos nas Upas Niterói, Boqueirão e do Idoso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRF prende traficante com 120 quilos de maconha em Sapucaia do Sul

Em uma abordagem orientada pelo serviço de inteligência, Policiais Rodoviários Federais apreenderam 120 quilos de maconha que era transporta...