Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Filhote de jacaré encontrado no centro de Canoas é resgatado pelo Mini Zoo

A chuva forte que caiu na noite de ontem, levou ao Centro de Canoas um inusitado visitante: um filhote de jacaré-de-papo-amarelo. Encontrado próximo a uma das bocas de lobo da rua Coronel Vicente, o animal foi capturado por moradores, que chamaram as autoridades para fazer o recolhimento.
A equipe do Mini Zoo de Canoas, com o veterinário Leandro Basile, foi até a casa do empresário Adilson Carmo, recolheu o animal e fez a soltura no Delta do Jacuí. Os animais adultos da espécie podem medir de 1,5 a 2 metros, e possuem uma característica de serem independentes, afastando a hipótese de que outros filhotes ou jacarés adultos possam ter acompanhado o espécime.
“Para ele, foi uma falta de sorte. A chuva que caiu deve ter desviado ele da rota normal. Não é possível precisar de onde ele veio porque a espécie é comum em todo o Rio Grande do Sul. Mas encontramos ele com boas condições de saúde e fizemos a reintrodução à natureza o mais rápido possível, para que ele pudesse se alimentar”, afirmou o veterinário.
Segundo Leandro Basile, fazer a captura de répteis, mesmo que filhotes, traz riscos a quem se aventura, como o empresário Adilson Carmo. “Um funcionário meu encontrou o bicho na rua e trouxe para cá por volta da meia-noite, acionamos os bombeiros e as outras autoridades competentes para recolher o jacaré”, contou Adilson Carmo.
Além do empresário, seu filho Israel, de apenas quatro anos, também manuseou o animal. Apesar da pegada correta e dos dentes do animal terem pouco mais de dois milímetros, o veterinário chamou a atenção ao risco que toda mordida carrega. “Apesar da mordida não ter profundidade, ela tem muita força, além do movimento lateral que a espécie faz poder dilacerar a pele. O mais agravante é que toda mordida de réptil possui um nível alto de contaminação”, alertou Basile.
O Mini Zoo de Canoas faz o resgate e a reabilitação de animais da fauna silvestre, é uma referência na região nessa área. Sempre que a população canoense encontrar um animal, pode ligar para o telefone do Mini Zoo: 99787-1078

Nenhum comentário:

Postar um comentário

HPSC e HU recebem novos lençóis, cobertores e uniformes para profissionais

Pacientes que necessitarem de atendimento nos hospitais de Pronto Socorro de Canoas (HPSC) e Universitário (HU) irão perceber, já a part...