Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Secretaria de Saúde de Canoas monitora aparecimento de escorpião amarelo


A Secretaria de Saúde de Canoas, através da Diretoria de Vigilância em Saúde, tem intensificado o combate ao escorpião amarelo no município. Da espécie Tityus Serrulatus, considerada uma das mais perigosa existentes no Brasil, foram encontrados quatro animais em três diferentes bairros da cidade: Estância Velha, Mathias Velho e Rio Branco. Por isso, a população deve tomar algumas medidas para controlar e prevenir o aparecimento de escorpiões. No entanto, esse número ainda é considerado baixo e não há motivos para grande preocupação dos cidadãos.
Para monitorar e combater a reprodução desses animais, as equipes da Vigilância em Saúde tem feito visitas às residências dos bairros onde eles foram encontrados. Na próxima semana, ocorre uma ação no bairro Rio Branco. Também é importante que a população tome uma série de cuidados para contribuir no combate à proliferação dos escorpiões, conforme as dicas abaixo.
Escorpião amarelo :
Esse escorpião não é nativo do Rio Grande do Sul, foi introduzido em Canoas através de caixas de frutas vindas do Nordeste que chegaram na Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa). Como ela abastece a maioria do comércio hortifrutigranjeiro da Região Metropolitana, a disseminação desse escorpião ocorre para diversas cidades. Outro fator que favorece a disseminação é que o animal tem fácil adaptação ao meio urbano.
Também preocupa as autoridades de saúde a facilidade de reprodução do escorpião amarelo, pois cada fêmea tem, aproximadamente, dois partos com a média de 20 filhotes cada, por ano, podendo gerar 160 novas crias durante a vida. “A reprodução destes animais é por Partenogênese, ou seja, não necessita do macho, a fêmea reproduz sem fecundação”, explica o médico-veterinário da Secretaria de Saúde de Canoas, Jean Pierre Maillard. Ele também destaca que principal alimento do escorpião são outros insetos, em especial as baratas, e que ele “pode sim entrar nas casas pelo encanamento, por isto se recomenda o uso de telas”.
Medidas de Controle e Prevenção:
Manter jardins e quintais limpos. Evitar o acúmulo de entulhos, folhas secas, lixo doméstico e materiais de construção nas proximidades das casas;
Evitar folhagens densas (plantas ornamentais, trepadeiras, arbusto, bananeiras e outras) junto a paredes e muros das casas. Manter a grama aparada;
Limpar periodicamente os terrenos baldios vizinhos, pelo menos, numa faixa de um a dois metros junto às casas;
Sacudir roupas e sapatos antes de usá-los, pois as aranhas e escorpiões podem se esconder neles e picam ao serem comprimidos contra o corpo;
Não pôr as mãos em buracos, sob pedras e troncos podres;
Usar calçados e luvas de raspas de couro;
Como muitos destes animais apresentam hábitos noturnos, a entrada nas casas pode ser evitada vedando-se as soleiras das portas e janelas quando começar a escurecer;
Usar telas em ralos do chão, pias ou tanques;
Combater a proliferação de insetos (principalmente baratas), para evitar o aparecimento dos escorpiões que deles se alimentam;
Vedar frestas e buracos em paredes, assoalhos e vãos entre o forro e paredes, consertar rodapés despregados, colocar saquinhos de areia nas portas, colocar telas nas janelas;
Afastar as camas e berços das paredes;
Evitar que roupas de cama e mosquiteiros encostem no chão;
Não pendurar roupas nas paredes; examinar roupas, principalmente camisas, blusas e calças antes de vestir;
Acondicionar lixo domiciliar em sacos plásticos ou outros recipientes que possam ser mantidos fechados, para evitar baratas, moscas ou outros insetos de que se alimentam os escorpiões;
Preservar os inimigos naturais de escorpiões e aranhas: aves de hábitos noturnos, coruja, lagartos e sapos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feira da Agricultura Familiar começa amanhã na Capital

A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead)  promove entre os dias 11 a 14 de dezembro, a Feira da...