Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Expoagas 2018 encerra com R$ 508 milhões em negócios

Em busca de diferenciais de competitividade, novas parcerias e soluções para o momento de instabilidade econômica, representantes de 6,7 mil empresas do varejo, indústria e canal distribuidor reúnem-se no Centro de Eventos Fiergs até o final desta quinta-feira para a 37ª Convenção Gaúcha de Supermercados - Expoagas 2018. Segundo o balanço divulgado pelo presidente da Associação Gaúcha de Supermercados, Antônio Cesa Longo, e aferido pelo Instituto Segmento Pesquisas a partir de levantamento realizado durante os dois primeiros dias da feira junto a 102 expositores, o volume de negócios concretizados até o final do evento vai atingir os R$ 508,5 milhões, um crescimento de 5,5% em relação à edição passada do encontro. Além da feira de negócios, que reúne um total de 48,2 mil visitantes em seus três dias e antecipa tendências em produtos, equipamentos e serviços para o setor varejista, a Expoagas 2018 proporcionou um ciclo de palestras com conferencistas como Drauzio Varella, Miguel Falabella e Ricardo Boechat, entre outros, bem como seminários técnicos e visitas guiadas a empresas do comércio e da indústria.
De acordo com o presidente da Agas, o incremento no volume de negócios concretizados na feira supera a previsão de crescimento do setor supermercadista gaúcho para 2018, que deverá ser de 1%. "A Expoagas 2018 mais uma vez mostra que as empresas estão dispostas a buscar diferenciais e a serem criativas. Estamos satisfeitos por constatar que 29% dos visitantes estiveram no evento pela primeira vez, mostrando que a feira está oportunizando conhecimento e parcerias a novas empresas. Este é o objetivo, reunir diferentes segmentos e companhias de todos os portes para que, juntos, promovam o desenvolvimento da cadeia", destaca Longo. Destaques desta edição, os novos espaços, um para grandes empresas multinacionais e outro para a pequena indústria gaúcha, possibilitaram a participação de 40 expositores a mais que em 2017. "Queremos fortalecer a indústria gaúcha, que perdeu 15% de participação no PIB nos últimos dez anos. Sempre torcemos para que todos os segmentos cresçam de forma equânime, já que os profissionais destes outros setores acabam realizando suas compras em supermercados. Não há desenvolvimento sustentável se não for em todas as pontas", sublinha o presidente da Associação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Autorizado a construção de Galpão de Eventos na Área Campeira

Nesta manhã, a diretoria da AETC, Associação das Entidades Tradicionalistas de Canoas através do seu Presidente Gilso Alves...