Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Alienação parental:o que é e quais suas consequências


A alienação parental é atualmente um tema muito debatido e exposto inclusive em programas da televisão, por ser uma questão muito séria e delicada, e que infelizmente tem sido mais comum a cada dia. Entretanto, essa conduta normalmente acarretar sérios prejuízos a todos, mas principalmente a criança que acaba por obter certos traumas psicológicos, que se não cuidados pode carregar por toda a vida.
 A lei 12.318 de 26 de agosto de 2010, define que alienação parental é o ato praticado pelo pai, mãe, avós ou qualquer pessoas que tenha a guarda ou vigilância da criança, com a intenção de coloca-la contra um dos seus genitores, ou com a intenção de dificultar que o outro genitor exerça sua autoridade paterna ou materna, criar meios para evitar que o outro tenha convivência com o filho, omitir informações relevantes sobre a criança , tais como o desempenho escolar, estado de saúde, informações quanto ao novo endereço da criança, ou apresentar denúncia falsa contra o genitor com a finalidade de impedir que tenha contato com o filho, esta são só algumas dentre outras várias hipóteses de alienação parental.
 É importante esclarecer que aquele que pratica alienação parental, além de estar causando mal ao próprio filho, ainda pode sofrer severas consequências, inclusive a perda da guarda do menor.

Por: Gracieli Amorim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cartão SUS é obrigatório para a retirada de medicação na Farmácia Básica Municipal

A Farmácia Básica Municipal informa que a partir do dia 1º de Agosto de 2018, NÃO SERÃO MAIS ENTREGUES MEDICAMENTOS A PESSOAS QUE NÃO AP...