Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Tradicionalistas do Brasil e Voluntariado


No 25 de fevereiro de 2018, representantes Tradicionalistas do Estado de Santa Catarina e do CBTG  participaram do programa Galpão do Nativismo, na Rádio Gaúcha.
Estiveram presentes: Andressa Schein (2a Prenda Juvenil da 12a RT – MTG/SC), João Vinicius Batista (3o Peão Juvenil da CBTG), Ana Carla Batista (2a Prenda da CBTG), Thais Dutra (1a Prenda Veterana da CBTG gestão 2015-2017). Também esteve presente a 1a Prenda Veterana Tanise Ramos Feliciani, que representa o CTG Desgarrados do Rio Grande do Sul, em processo de filiação ao MTG/SC.
Na entrevista, foi discutido sobre o papel dos peões e prendas na sociedade, principalmente fora do Rio Grande do Sul onde puderam levar ao público gaúcho um pouco da realidade do tradicionalismo fora do Rio Grande do Sul, assunto de suma importância, principalmente para que se venha reconhecer cada vez mais a importância e efetividade da expansão do Movimento Tradicionalista Gaúcho para outros pagos.
Com certeza o MTG/SC e a CBTG estiveram muito bem representados, pois no dia 24 de Fevereiro de 2018, concomitante à Convenção da CBTG, em Porto Alegre – RS, foi posto em prática o projeto “Unidos Para o Bem”, proposto pela 2a Prenda da CBTG, a Chapecoense Ana Carla Batista.
A campanha objetivava a arrecadação de roupas para repassar à instituição Kinder – Centro de Integração da Criança Especial, uma entidade filantrópica localizada em Porto Alegre, fundada em 1988 pela Dra. Barbara Fischinger. Desde então, presta serviços de Educação Especial e Reabilitação para bebês, crianças e jovens deficientes múltiplos, com severidade moderada e grave, em situação de vulnerabilidade social, oportunizando o acesso e inclusão social. A instituição atende, atualmente, cerca de 300 assistidos, com idade entre 0 e 24 anos. A instituição realiza brechós para manter as atividades.
Fica registrado nosso agradecimento a  todos que de alguma forma auxiliaram nesta campanha, seja em sua divulgação, seja doando, ou inspirados por ela, fizeram outros atos de solidariedade. Também deixamos registrados nossas congratulações por essa bela iniciativa desses jovens catarinenses, que vem dando grande exemplo com o trabalho de voluntariado, demonstrando todo o amor a nossa cultura gaúcha além de divulgar nossa Tradição, usos e costumes para todo Brasil.

Colaboração: Tanise Ramos Feliciani


Um comentário:

Feira da Agricultura Familiar começa amanhã na Capital

A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead)  promove entre os dias 11 a 14 de dezembro, a Feira da...