Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Encerramento da Missão no Haiti

O Comando Militar do Sul (CMS) realizará, no próximo dia 1º de novembro, uma cerimônia alusiva ao encerramento da MINUSTAH - Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti. 
O evento acontecerá no 3º RCG – Regimento Osorio, às 10:00 e reunirá militares dos diversos contingentes que participaram da missão.
A cerimônia será uma oportunidade de enaltecer a participação de militares brasileiros, da ativa e da reserva, que participaram de tão importante Missão de Paz.
A MINUSTAH foi criada em fevereiro 2004, pela Organização das Nações Unidas (ONU) para restabelecer a segurança e a normalidade institucional do Haiti, após sucessivos episódios de turbulência política e de violência. O Brasil comandou o componente militar da Missão (de 2004 a 2017), que teve a participação de tropas de outros 15 países. No total, 37.500 militares das Forças Armadas brasileiras atuaram nessa Missão.
Ao longo do período de atuação das Forças Armadas brasileiras, a população haitiana foi apoiada em duas catástrofes naturais que atingiram o país. No dia 12 de janeiro de 2010, um terremoto causou a morte de mais de 200 mil pessoas e, em 4 de outubro de 2016, o furacão Matthew causou inundações e deixou milhares de desabrigados. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Imigrantes venezuelanos chegam hoje a Canoas

Nesta tarde, casais venezuelanos com filhos desembarcarão no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, e seguem até Canoas. As famílias fi...