Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Vigilância Sanitária interdita instituição para idosos em Canoas

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), interditou,  hoje  uma Instituição de Longa Permanência para Idosos, do bairro Fátima, por falta de condições de funcionamento e maus-tratos. A equipe da Vigilância Sanitária e as duas assistentes sociais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) constataram que o local estava com lotação além da capacidade, sem alvará do Corpo de Bombeiros, além da estrutura precária e condições de higiene inapropriadas. O proprietário também não apresentou a documentação do responsável técnico. 
Pedindo para não ser identificado, um dos moradores declarou que o local é o pior em que já esteve. “Meu irmão mais novo me colocou aqui, porque é mais barato. Mas esse lugar é horrível”, disse, relatando que não tem onde guardar suas roupas e nem o que fazer para se distrair. 
Com a interdição, os idosos foram retirados do local por familiares contatados pelas assistentes sociais. Os que não tinham para onde ir eram remanejados para outras instituições. 
Monitoramento:

A diretora de Vigilância Sanitária, Sussi Antunes Cardoso, destaca que a instituição vem sendo monitorada desde 2009, e o proprietário foi orientado em diversas oportunidades sobre todos os processos para adequação ao funcionamento. “Esgotaram-se todos os prazos e a estrutura não recebeu melhorias. Está pior”. O forro de uma área aberta, na frente da construção, que teve danos nos últimos temporais, está apoiado por um pedaço de madeira e pode cair a qualquer instante, colocando a segurança dos moradores e dos trabalhadores em risco. 
Precariedade:

Com pouco espaço para circulação, os residentes também não contam com refeitório. Há apenas uma mesa pequena que não acomoda a todos. As assistentes sociais e os fiscais da SMS também ouviram relatos de que a alimentação, precária, é servida nos quartos e os idosos comem com os pratos no colo. “Dos 13 residentes, dois deles, de acordo com o médico Paulo Zubaran, que compõe e equipe da Vigilância Sanitária, oito apresentam desnutrição proteico-calórica”. Ele menciona que três deles, com menos de 60 anos, não poderiam ter sido aceitos na instituição. “Também encontramos irregularidade na documentação dos pacientes. Os prontuários não mostram evolução médica.”  
O proprietário só poderá reabrir as portas após todas as alterações solicitadas. O interdito tem validade por 90 dias e poderá ser renovado por mais 90 dias. Depois deste prazo, nova vistoria técnica será realizada. 

Fonte: Secom PMC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Câmara de Canoas com nova Mesa Diretora em 2018

Na última sessão ordinária do ano, na quinta-feira, os vereadores elegeram os componentes da Mesa   para 2018. Alexandre Gonçalves (PPS) ...