Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Grupo Chinês visita Nova Santa Rita e pretende instalar filial no Estado.

Com o objetivo de instalar filial no Estado que atenda à demanda da América Latina no fornecimento de microfibra, representantes da empresa chinesa Luney Comércio, Importação e Exportação, da cidade de Yantai, localizada na província de Shandong, visitaram, na última quinta-feira (19), a cidade de Nova Santa Rita. O objetivo  foi de avaliar o conjunto de políticas de incentivos fiscais e a infraestrutura do município.
A prefeita Margarete Simon Ferretti e o secretário de Indústria, Comércio e Desenvolvimento, Rodrigo Batistella recepcionaram o diretor presidente da empresa, Yubo Cui; o gerente Liu Wenjie e o empresário brasileiro Paulo Zanella.
O secretário Rodrigo Batistella apresentou as potencialidades econômicas e humanas de Nova Santa Rita e colocou o município à disposição para agilizar etapas burocráticas e nas tratativas junto ao governo no Estado na busca de incentivos para a atração do investimento.
Segundo Zanella, o grupo Chinês possui uma filial no México que atende o mercado americano e canadense e avalia que o mercado Latino Americano é ainda mais promissor. Neste ano, a Luney participou da FIMEC em Novo Hamburgo (Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Equipamentos e Máquinas para Calçados e Curtumes) lançando uma linha de microfibra antichamas. Segundo o grupo, a microfibra é uma excelente alternativa ao couro na produção de cabedais de segurança por ser mais leve que o couro, mais resistente, mais confortável, impermeável e resistente a produtos químicos.
Numa primeira fase do empreendimento, Liu Wenjie frisa que serão gerados 50 empregos diretos, chegando a 200 funcionários em três anos, fabricando mais de 300.000 metros de fibra por mês, com faturamento de 16 milhões de reais.

Fonte:Jesiel Saldanha Assessoria de Comunicação PMNSR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Imigrantes venezuelanos chegam hoje a Canoas

Nesta tarde, casais venezuelanos com filhos desembarcarão no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, e seguem até Canoas. As famílias fi...