Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

RS tem 6 municípios entre os 100 com maior participação no PIB do país

O Rio Grande do Sul teve seis municípios no ranking das cem cidades com maior participação do PIB no Brasil em 2012, segundo levantamento divulgado hoje pela Fundação de Economia e Estatística (FEE) e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Porto Alegre é melhor colocada, em sétima posição. A capital é seguida por Caxias do Sul (35º posição), Canoas (38º), Rio Grande (75º), Gravataí (88º) e Passo Fundo (98º).
Um dos destaques do estudo é crescimento significativo no PIB dos pequenos municípios. Muçum (50,9%), Camargo (45,3%), Canudos do Vale (44,4%), Poço das Antas (43,3%) e Tabaí (43,2%) foram as cinco cidades com maior crescimento relativo do PIB no RS em 2012. Dentre os 10 municípios de maior crescimento, apenas Ivoti, com crescimento nominal de 34,2%, possuía mais de cinco mil habitantes.
Segundo o IBGE, cerca de 30% dos municípios do Rio Grande do Sul apresentam PIB per capita superiores ao nacional. O estado também está entre os três com menor concentrações de renda do país, com 34,4%, perdendo apenas para Minas Gerais (34,4%). Isso significa menos diferenças entre os mais pobres e os mais ricos.
No que se refere ao PIB per capita dos municípios, o maior do RS segue sendo o de Triunfo (R$ 230.483,69), devido às atividades do Polo Peetroquímico. Na sequência, figuram Pinhal da Serra (R$ 86.506,48), Aratiba (R$ 69.760,55), Muitos Capões (R$ 61.150,80) e Nova Bassano (R$ 55.147,36). Na outra ponta o PIB por habitante é menor em Caraá (R$ 8.296,92), Alvorada (R$ 8.599,33), Redentora (R$ 9.336,67), Itati (R$ 9.387,89) e Benjamin Constant do Sul (R$ 9.559,82).
Entre os dez maiores municípios do Rio Grande do Sul, Canoas foi o que mais perdeu participação no PIB em 2012, muito em função do desempenho negativo da atividade de refino de petróleo, sua principal atividade industrial. Mas ainda manteve a terceira colocação no ranking. Passo Fundo (6º) apresentou crescimento de 25,8% e ultrapassou Triunfo (7º), Novo Hamburgo (8º) e Pelotas (9º) entre as maiores economias do RS. Os dez maiores, em 2012, eram responsáveis por 44,75% do PIB estadual.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gravatai vai solicitar apoio da Força Nacional de Segurança

O prefeito de Gravataí, Marco Alba (PMDB), vai solicitar, a presença da Força Nacional de Segurança na cidade. A decisão do prefeito leva...