Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Patrono da 60ª Feira do Livro será revelado no dia 17

A Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL) vai anunciar no próximo dia 17/09 o patrono da 60ªedição do evento em um café da manhã para a imprensa e convidados. O patrono será oficialmente empossado na abertura do evento, no dia 31 de outubro.
 Para a edição deste ano, os indicados para patrono são Airton Ortiz, Aldyr Schlee, Celso Gutfreind, Cíntia Moscovich e Maria Carpi. A escolha ocorre após votação entre empresas associadas à Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL), patronos de feiras anteriores, ex-presidentes da entidade e representantes da comunidade cultural.
 A Feira do Livro de Porto Alegre será realizada entre os dias 31 de outubro e 16 de novembro.

Patronáveis:
Airton Ortiz é jornalista, escritor e fotógrafo. Nessa ordem. Até agora vem dando certo, pois já publicou 16 livros, sendo 10 de reportagem, 3 de crônicas, 2 romances e 1 de fotografia. Criador do gênero Jornalismo de Aventura, onde é ao mesmo tempo repórter e protagonista da reportagem, já ganhou diversos prêmios tanto jornalísticos quanto literários. Já foi patrono de 20 feiras do livro no RS e 9 vezes indicado a patrono da Feira de Porto Alegre. Além disso, no próximo carnaval será tema-enredo da Escola de Samba Aldeanos, de Cachoeira do Sul, onde também já foi patrono da feira do livro. Na 60a Feira do Livro de Porto Alegre Airton Ortiz estará lançando seu 17º livro, "Paris", uma coletânea de crônicas sobre a temporada em que morou na capital da França. A obra sairá pela Benvira, o selo de literatura brasileira do Grupo Saraiva.
Aldyr Garcia Schlee é escritor um autor bilíngue, que escreve e publica sua obra tanto em português como em espanhol. É doutor em Ciências Humanas. Foi desenhista profissional (vencedor de Concurso Nacional para a escolha do uniforme da seleção brasileira de futebol), jornalista (Prêmio Esso de Reportagem), e professor da Universidade Católica e da Universidade Federal de Pelotas (até 1992). Depois atuou como professor visitante do Programa de Pós Graduação em Letras da PUCRS, em Porto Alegre.
Celso Gutfreind é escritor e médico. Como escritor, tem 31 livros publicados entre poemas, contos infanto-juvenis e ensaios sobre humanidades e psicanálise. Participa de diversos projetos de encontros entre escritores e jovens leitores como o Adote um Escritor e Fome de Ler. É colunista da Revista Estilo Zaffari. Seu livro mais recente, publicado em 2014, é A infância através do espelho – a criança no adulto, a literatura na psicanálise, Artmed. Participou de diversas antologias no Brasil e no exterior (França, Luxemburgo e Canadá). Tem poemas e artigos traduzidos para o francês, inglês, espanhol e chinês.
Cintia Moscovich é escritora, jornalista, tradutora, mestre em teoria literária e ministrante de oficinas de criação literária. Com sete livros individuais publicados, participa de mais de três dezenas de antologias publicadas no Brasil e no exterior. Tem publicações na Espanha, Portugal, Alemanha, Estados Unidos, Suécia, França, Itália, Argentina, Uruguai e México. Foi quatro vezes vencedora do Açorianos de literatura, além de ter conquistado o prêmio Jabuti, o Portugal Telecom e o Prêmio Clarice Lispector da Fundação Biblioteca Nacional. Foi diretora do Instituto Estadual do Livro e editora de livros do jornal Zero Hora. Mereceu o troféu Amigo do Livro, da Câmara Rio-Grandense do Livro.
Maria Carpi, poeta gaúcha nascida em Guaporé, professora-advogada, Defensora Pública, é autora de Nos Gerais da Dor, Vidência e Acaso, Desiderium Desideravi e Os Cantares da Semente (Ed. Movimento/RS); O Caderno das Águas (WS Editor/RS), A Migalha e a Fome (Ed. Vozes/RJ), A Força de Não Ter Força (Ed. Escrituras/SP), As Sombras da Vinha e O Herói Desvalido (Ed. Bertand do Brasil/RJ), Abraão e a Encarnação do Verbo, A Chama Azul (com gravuras de Alfredo Aquino) e O Senhor das Matemáticas (Ed. AGE/RS). O livro Vidência e Acaso teve uma 2ª edição, Editora HCE.

Fonte:Eliana Camejo Comunicação Empresarial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Morre a atriz Eva Todor

Morreu hoje decorrente de uma pneumonia aos 98 anos a atriz Eva Todor. O velório ocorre amanhã das 9 às 11 h no Teatro Municipal do Rio d...