Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Aberta a 17ª Semana Municipal da Pessoa com Deficiência

Um show de superação, mostra de talentos, emoção e alegria marcaram a abertura da 17ª Semana Municipal da Pessoa com Deficiência de Canoas. O evento começou ontem , na Praça da Emancipação, e prossegue até 28 de agosto com o tema "Somos todos iguais na diferença".
A solenidade contou com a presença do prefeito Jairo Jorge, de alunos de várias instituições, da secretária especial da Coordenadoria da Pessoa com Deficiência, Rafaela Zappas, professores e pessoas envolvidas na causa da diversidade.

O amor:

De mãos dadas e com os olhos brilhando, como todos em início de namoro, o casal esperava o momento das apresentações. Solange Borges Correa, 25 anos, e Mateus Goulart, 23, são cadeirantes e estão namorando há dois meses.
Os dois andam em cadeiras de rodas desde a infância, mas a impossibilidade de dar os primeiros passos não impediu voos altos. Solange sempre estudou e já concluiu o Ensino Médio. Pretende continuar, se formar em Educação Física e montar a sua própria academia de dança.
A cadeirante canta e já foi vocal de um grupo musica: "Nunca me deixei abalar, mesmo quando sofri preconceito e fui magoada. Sempre busquei esperanças para progredir".
Mateus diz que está muito feliz com o namoro. Os dois possuem muitas afinidades e estão apostando em um futuro juntos. Para eles, a deficiência  tornou-se um estímulo, uma força maior para novas descobertas, inclusive do amor um pelo outro, que conheceram na Associação Canoense de Deficientes Físicos.

A música:

O sonho de ser cantor acompanha Fábio Júnior de Oliveira Stasinski, 20 anos. Com o seu violão, ele estava alegre e entusiasmado com a possibilidade de cantar na abertura da Semana da Pessoa com Deficiência. Até os 16 anos, ele caminhava livremente. Mas uma doença que atingiu a coluna lhe impediu de continuar andando, mas não lhe tirou a capacidade de sonhar e realizar esses sonhos. "Hoje eu toco violão, canto e componho minhas músicas", conta Fábio Júnior.
O que poderia se tornar um grande problema transformou-se em benefício para Clóvis Corombergue, 42 anos. "Antes de ficar cadeirante em 2009, eu era uma pessoa bastante solitária, agora tenho muitos amigos." Durante as apresentações da Acadefi, Clóvis cantou uma das músicas.
Lições de vida, de estímulo e muita superação. Esses foram apenas alguns dos ingredientes das apresentações artísticas da Semana. Participaram da 4ª Mostra da Arte Inclusiva, durante a abertura da Semana da Pessoa com Deficiência: Instituto Pestalozzi, Escola Estadual de Educação Especial Nei Gomes, Associação Grupo Chimarrão da Amizade, Associação Canoense de Deficientes Físicos, Associação Legato e Ceama (Centro de Estudos da Atividade Motora Adaptada).

Prefeito aborda a diversidade:

O prefeito Jairo Jorge saudou o dia de festa e de alegria que envolvia a todos na Praça da Emancipação. A sociedade civil, enfatiza o prefeito, está definindo as políticas públicas para que todos tenham uma cidade melhor com mais acessibilidade e com mais igualdade. "A dádiva maior do ser humano, que foi feito à imagem e semelhança de Deus, a maior riqueza do homem e da mulher é a diversidade. Nós somos diferentes, mesmo quando somos iguais", diz Jairo Jorge.
Mas, segundo ele, é preciso também dar condições para que essa diversidade possa aflorar e todos mostrarem seus talentos. "Temos aqui muitas estrelas que vão brilhar nesse palco mostrando que o talento está dentro do nosso coração." Muitas vezes o preconceito cega as pessoas. Tira a capacidade de ouvir. Mas cada um de nós foi desafiado por Deus para mostrar o nosso talento, porque todos nós temos capacidade." Acrescenta o prefeito que "o que queremos é a igualdade de direitos para que cada um possa brilhar e ter futuro".
Ele destacou a importância da igualdade na diversidade. O respeito à pessoa com deficiência e as nossas diferenças. E esse é o trabalho que temos que realizar todos os dias." O prefeito acentuou que houve muitos avanços, mas muito ainda tem que ser feito. "Hoje é um dia de celebração para mostrarmos a todos o respeito às diferenças", salientou.

Presenças:

Participaram da solenidade a vice-prefeita Beth Colombo; o presidente da Câmara de Vereadores de Canoas, Ivo da Silva Lech; o presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, Valoir Mendes; o diretor de Extensão da Ulbra, Gustavo Becker; a delegada da 4ª Delegacia de Polícia, Sabrina Defentti; e o presidente da Federação Riograndense de Entidades de Pessoas com Deficiência, Jair Silveira e a secretária especial Rafaela Zappas.

Fonte:Secom/PMC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Projeto resgata importância da cultura africana no RS

O Alabê Ôni  - grupo de músicos pesquisadores de percussão e manifestações de raiz africana do Rio Grande do Sul - lançou oficialmente on...