Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Federasul entrega troféu Três Porteiras aos Vencedores do Agronegócio‏


Sete empresas gaúchas receberam, na noite desta segunda-feira, 28, o reconhecimento da Federasul em um dos setores mais importantes da economia do Estado. A primeira edição do Prêmio Vencedores do Agronegócio, criada sob medida e lançado em abril deste ano, entregou o troféu Três Porteiras aos sete vencedores durante o jantar de aniversário de 86 anos da entidade.
Ao idealizar o prêmio, em fevereiro deste ano, a Federasul anunciou sua intenção de estimular e contribuir para o desenvolvimento do Estado, além de destacar os exemplos para que se tornem referência à sociedade gaúcha pela força empreendedora, criativa e de competência na resolução de desafios.
Durante o evento, que lotou no Salão Nobre do Palácio do Comércio, com a presença de autoridades e convidados, o presidente da Federasul, Ricardo Russowsky, lembrou a importância do setor do agronegócio para o Estado que, segundo ele, “tem como vocação principal o setor primário”. Também o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, enfatizou a importância da premiação para a economia gaúcha.
O troféu em bronze Três Porteiras foi criado pela artista plástica Angela Pettini. Além dos sete agraciados, a Comissão Julgadora, distinguiu também o case Expodireto/Cotrijal por sua referência como Feira de Negócios, inovação, tecnologia e palco de debates.
No total, foram 27 inscrições, com cases de Vacaria, Não-me-Toque, Esteio, Bento Gonçalves, Eldorado do Sul, Gramado, Cruz Alta, Passo Fundo, Colorado, Lagoa Vermelha, Santa Cruz do Sul, Dom Pedrito, Rio Grande, Teutônia, Panambi, Garibaldi e Porto Alegre.

Os sete premiados são:

ANTES DA PORTEIRA
Categoria 1 – Indústria de Insumos
Simbiose Indústria e Comércio de Fertilizantes e Insumos Microbiológicos,  de Cruz Alta
Case: Simbiose Agro, Sustentabilidade e Sucesso

Categoria 2 – Indústria de Máquinas e Equipamentos
Produfort Indústria e Comércio de Equipamentos Ltda, de Colorado
Case: Desenvolvimento da Plataforma de Corte, Enleiramento e Recolhimento de Canola

DENTRO DA PORTEIRA
Categoria 3 – Produção Agropecuária
Guatambu Estância do Vinho, de Dom Pedrito
Case: Vinícola Enoturística Guatambu Estância do Vinho

Categoria 4 – Agroindústria
Coopetativa Languiru Ltda, de Teutônia
Case: Programa de readequação das atividades frente ao novo cenário no agronegócio.

DEPOIS DA PORTEIRA
Categoria 5 – Distribuição
Terminal Marítimo Luiz Fogliatto S.A, Termasa, de Rio Grande
Case: Sistema Pampa de Logística

Categoria 6 – Serviços de Apoio ao Agronegócio
Instituto Brasileiro do Vinho, Ibravin, de Porto Alegre
Case: Construindo e projetando a imagem do vinho brasileiro

Categoria 7 – Sustentabilidade Social, Econômica e Ambiental
Cooperativa de Produtores Ecologistas de Garibaldi – Coopeg
Case: Sustentabilidade
Fonte:Imprensa Federasul

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Classificatória do Enart movimenta Canoas nos dias 21 e 22 de outubro

Os tradicionalistas de Canoas nem começaram a sentir saudades da melhor semana para os gaúchos, a Semana Farroupilha, e já têm motivos ...