Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Aldeias indígenas recebem recursos, EPIs e cestas básicas durante pandemia

Para conter a disseminação do coronavírus nas 145 aldeias e acampamentos indígenas do Rio Grande do Sul, a Secretaria da Saúde (SES) destinou recursos para a compra de água, alimentos e produtos de higiene para as famílias.
O objetivo da medida é manter os índios nas aldeias presentes em 67 municípios gaúchos.
Também foram distribuídos equipamentos de proteção individual (EPIs) e cestas básicas, em parceria com a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH). 
Essas medidas reforçam o distanciamento social da população indígena do Estado, que hoje tem 24.399 índios aldeados das etnias Guarani, Kaingang e Charrua.
Conforme o especialista em saúde da área técnica de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas da SES, Guilherme Müller, no enfrentamento à Covid-19 "precisamos evitar a saída dos indígenas para ações comumente realizadas, como a venda de artesanato".
A medida também reforça a insegurança alimentar, fortemente exposta nesse momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRF apreende grande quantidade de cigarros escondidos em carga de milho em Lajeado

Nesta manhã , na BR 386 em Lajeado, a Polícia Rodoviária Federal prendeu um casal que transportava quase 400 mil maços de cigarros paraguaio...