Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Divisor de Águas, Anjo Colorado

Meu nome é Marcelo Ferreira de Melo. A mais de 20 anos, assim como muito jovens eu estava confuso e sem perspectiva para um futuro digno! Então com aproximadamente 14 para 15 anos, um dia fui no inter com meu pai e meu irmão onde ele fazia escolinha, e quando olhei para o lado estava o time profissional treinando e ali estavam todos meus ídolos da época - óbvio que eu fiquei todo bobo! Então o porteiro perguntou, se eu queria ajudar a juntar as bolas no campo e eu prontamente disse sim! Ali iniciou um novo ciclo em minha vida!
Assim como vários jovens, passava por diversas dificuldades financeiras, até que o jogador Anderson Luiz Schveitzer que era um volante do inter, teve uma atitude que foi um divisor de águas em minha vida. Um final de tarde, eu estava saindo do treino do inter, caminhava pela saída do estacionamento e ele passou de carro por mim, parou e disse: " e aí Tim Maia (como todos me chamavam), tá indo pra onde? Eu falei: pra casa! Ele pediu pra eu entrar no carro, entrei e ele perguntou como eu estava, se preocupou com meus estudos, falou que eu tinha que estudar e ficar longe de problemas, disse que eu deveria auxiliar e respeitar meus pais! Depois disso abriu a carteira e me deu 50 reais para que eu ajudasse em casa. Mas pediu que no próximo treino eu levasse a nota fiscal do que eu teria feito com o dinheiro. O jogador Anderson sequer tinha dimensão do que havia feito em minha vida naquele dia!
Estávamos passando por uma tremenda dificuldade, e eu chorava de emoção indo em direção até minha casa. Ao chegar em casa meus pais estavam brigavam quando cheguei pois não tínhamos o que comer aquela noite. Minha mãe quando me viu chegando estava com uma cara cabisbaixa, arrasada! Quando eu entreguei aquele dinheiro que o Anderson me deu e disse que era pra comprar comida pra casa, eu vi o rosto dela iluminar e então o efeito que causou aquilo! Nossa, foi instantâneo a mudança no semblante de todos, era uma alegria espontânea e eu sabia que existia uma pessoa responsável por aquilo e que foi esse gesto nobre deste jogador! Hoje todos somos eternamente gratos a você Anderson.
Tenho que agradecer a muitas outras pessoas que são muito importantes nesta minha trajetória que se iniciou lá trás comigo como um gandula e hoje eu como um mestrando! Ainda um dia espero vou escrever um livro e prometo citar todos pois minha gratidão é gigante igual ao clube que amo! Obrigado Inter! Esta é minha homenagem ao aniversário do meu Sport Clube Internacional e agradecimento ao jogador Anderson que me serviu de espelho e referência positiva em minha vida.

Colaborou: Tanise Ramos Feliciani

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Trator MAHINDRA com 23 mil unidades vendidas no mundo será destaque na EXPOINTER

Nesta 42ª EXPOINTER, que acontece de 24 de agosto a 1º de setembro, em Esteio/RS, a MAHINDRA, maior fabricante de tratores do mundo, vai a...