Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Conversando com a 1º Prenda do RS 2015/2016

Realizado entre os dias 21 a 23 de Maio na cidade de Rio Grande a 45ª edição do concurso de prendas, conhecido como Ciranda Cultural de Prendas, contou com 64 concorrentes em busca das 9 faixas estaduais.

Gentilmente a nova 1ª Prenda Estadual Marina Giolo,concedeu uma entrevista para  este site na data de hoje.

Marina por  favor te apresentes:Eu sou Marina Giolo, tenho 20 anos e estudo jornalismo na Universidade de Passo Fundo. Pertenço ao CTG Lalau Miranda e a 7ª Região Tradicionalista. Nasci na cidade de Vila Maria, onde comecei minha caminhada como prenda no CTG Francisco Vitor Maroni.

Conte-nos sobre tua participação no tradicionalismo: No ano de 2010 comecei a frequentar o CTG Lalau Miranda e tornei-me a 1ª prenda juvenil, e em 2011 1ª prenda juvenil da 7ªRT. Concorri da 42ª Ciranda Cultural de Prendas que no ano ocorreu em Passo Fundo, não me classificando como prenda do estado. Em 2013 novamente assumi uma faixa, a de 1ª prenda do CTG Lalau Miranda. Em 2014, com muito orgulho tornei-me a 1ª Prenda da 7ª RT.

Pensaste alguma vez em desistir? Já pensei em desistir inúmeras vezes. A caminhada é longa e difícil, e eu sempre andei sozinha. O sonho de ser prenda estadual sempre me acompanhou, não precisou meus pais ou alguém para me incentivar a participar. Quando perdi a ciranda de 2012, dei por encerrada minha vida de prenda, mas no ano seguinte novamente senti uma ponta de esperança que me impulsionou a aceitar o convite de minha entidade. Hoje agradeço esse pequeno momento de coragem que mudou a minha vida.

Conte-nos teus projetos para a tua gestãocomo prenda estadual: O MTG precisa de uma prenda atenciosa e competente, capaz de atender as 30ª regiões tradicionalistas com conhecimento e igualdade. Estou pronta para esta missão juntamente com meus mais novos colegas de gestão, as prendas e os peões do RS. A prenda não é apenas uma jovem delicada e enfeitada, mas sim uma mulher com sabedoria e capacidade, que respeita a cultura e a história do nosso estado. Os jovens que hoje constituem a gestão estadual estudaram, se dedicaram e abdicaram muito de sua vida pessoal para estar onde estão. Iremos representar o Movimento Tradicionalista Gaúcho com toda a honra e respeito que os tradicionalistas merecem.

Deixes uma mensagem aos leitores: Gostaria de dizer a todos os leitores que precisamos cultuar e respeitar nossas tradições todos os dias. Em um mundo onde a violencia e as brigas são constantes, os valores que o tradicionalismo prega, como o respeito e a amizade são fundamentais. O frio do sul, o chimarrão, as danças, a culinária e principalmente o sentimento de amor por esta terra se tornam tesouros que enriquecem todos os gaúchos de sangue e de coração. Representarei meu estado durante este ano com a certeza de que sou abençoada por esta oportunidade, que jamais será esquecida durante todos os anos que eu viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Imigrantes venezuelanos chegam hoje a Canoas

Nesta tarde, casais venezuelanos com filhos desembarcarão no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, e seguem até Canoas. As famílias fi...