Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

COLETIVA DE IMPRENSA DA VALTRA DO BRASIL NA 37ª EXPOINTER

"O BRASIL PRECISA DA AGRICULTURA E A AGRICULTURA É O GRANDE RESPONSÁVEL PELO SUPERAVIT DO BRASIL” (Paulo Beraldi)

Na coletiva de imprensa da Valtra, o diretor comercial Sr. Paulo Beraldi e o Sr. Jair Torreta diretor de produto salientaram quem a marca Valtra está no Rio Grande do Sul desde 1961. Mostraram-se otimistas em relação ao mercado, pois existe uma reversão de uma renda agrícola da pecuária e da produção de grãos. Analisando o mercado, em 2014 em relação á 2013, pois 2013 foi um ano fora da curva, com 62000 máquinas comercializadas e em 2014 a Valtra já contabilizou 16% na queda de tratores e 24% na queda das colheitadeiras em vendas no Rio Grande do Sul. Teve uma pequena queda de mercado, mas tem uma recuperação para 2015, com a recuperação da safra da soja e do arroz. O custeio da produção do arroz foi muito auto no ano passado (2013), este ano o custeio baixou relativamente afirmou Paulo beraldi. E sobre a cultura arrozeira ele acrescentou que o Rio Grande do Sul é o único produtor de arroz em potencial do Brasil. E outro ponto de crescimento da economia está baseado na exportação de carne para a Russia, a pecuária está em ascensão, não há carne no mundo e vai ficar mais cara, pela lei da oferta e dá procura. Já Jair Torreta destacou o prêmio Os Melhore da Terra da Gerdau 2014 com o novo trator série A fruteiro – A 750F e também o pioneirismo da Valtra em inovações como foi a primeira a lançar gabines em 2000, e também o pioneiro a lançar um estilo conforto Operacional. Ainda ressaltou que a Valtra é lider no mercado de máquinas pesadas tendo 70% do mercado e também é líder de mercado com 25% nas máquinas leves. E para poder manter essa liderança de mercado, a Valtra faz constantes adequações na linha pesada, com enfase na pesquisa no campo, sugestões dos agricultores, principalmente da linha arrozeira pois essa cultura é a que mais exige dá máquina. Quanto ao desenvolvimento de novas tecnologias demandam de componentes importados esbarrando na barreira de 70% de componentes nacionais para obter o financiamento do Finame. Já nos lançamentos, mais uma vez o grupo AGCO se torna corporativo, empregando o sistema FUSE também na Valtra, criado para melhorar a agricultura de precisão, a Fuse Technologies ­– estratégia inovadora que oferece soluções para transformar as propriedades agrícolas através da integração e otimização de produtos. As máquinas que a Valtra trouxe para o lançamento foram: Na linha de tratores a série A geração II eo fruteiro o-A 750F; Na linha de colheitadeira a Valtra BC 8800; As enfardadoras Challenger RB34 e a RB452; E a plantadeira HITECH SEED.

Fonte:José Biulchi/Minha Querência - Voz Nativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Animais inscritos na 40ª Expointer começam a chegar amanhã

A chegada dos animais para a 40ª Expointer, que ocorre de 26 de agosto a 3 de setembro, começa amanhã, a partir das 8h, no Parque de Expo...