Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

Justiça determina prisão preventiva de ex-padre suspeito de pedofilia

O ex-padre João Marcos Porto Maciel, 74 anos, mais conhecido como dom Marcos de Santa Helena, que está preso desde 9 de dezembro em Caçapava do Sul, teve a sua prisão temporária convertida em preventiva pelo juiz Diego Cassiano Lorenzoni Carbone. O religioso foi indiciado pelo delegado Fabrício de Santis Conceição por estupro de vulneráveis contra dois adolescentes, posse irregular de armas (ele tinha o registro de duas espingardas apreendidas no mosteiro onde vivia, mas eles estavam vencidos), curandeirismo e estelionato. Ele ainda responde a outro processo por racismo.
De acordo com de Santis, o pedido de preventiva foi feito porque dom Marcos tem contatos na Grécia e poderia tentar fugir do Brasil.
A investigação policial foi aberta em setembro do ano passado por solicitação do Ministério Público (MP) de Caçapava do Sul. Um adolescente já havia reclamado de agressões por parte do religioso, mas o estopim para a investigação foi um livro do empresário mineiro Marcelo Ribeiro, hoje com 49 anos, que conta em detalhes os abusos que teria sofrido e que teriam sido cometidos pelo ex-padre.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Classificatória do Enart movimenta Canoas nos dias 21 e 22 de outubro

Os tradicionalistas de Canoas nem começaram a sentir saudades da melhor semana para os gaúchos, a Semana Farroupilha, e já têm motivos ...