Juramento do Jornalista

Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais,através da crítica e análise da sociedade,visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros.

PMs são indiciados por tortura e pela morte de policial civil


A Polícia Civil de Alvorada remeteu  hoje à Justiça  o inquérito que apurou a morte do agente da Delegacia de Capturas Marcos Kaefer, 43 anos. Dois sargentos da Brigada Militar foram indiciados por tortura e pela morte do policial civil. O fato aconteceu em 8 de dezembro de 2013, em Alvorada.
De acordo com as investigações, os dois sargentos, assim como o policial civil, tinham ido até o Hospital de Alvorada junto com policiais da delegacia de homicídios da Capital, que investigavam a morte de Luciano Cardoso, o Bolinha. O crime tinha ocorrido horas antes na Vila Nova Dique, Bairro Rubem Berta, na Capital. A vítima era conhecido tanto dos PMs quanto de Marquinhos.
Segundo o relato de testemunhas, os sargentos identificados apenas como Sandro e Rogério, teriam entrado na amulância e agredido o paciente que estava sendo transportado. O homem era suspeito da morte de Bolinha.
Depois, o sargento Sandro teria agredido o irmão do suspeito, com socos e coronhadas na cabeça. Foi durante uma das agressões que a pistola disparou. O tiro atingiu Marquinhos no peito. 
O sargento Sandro foi indiciado pelo homicídio com dolo eventual e por dois crimes de tortura e o sargento Rogério pelo crime tortura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Morre a atriz Eva Todor

Morreu hoje decorrente de uma pneumonia aos 98 anos a atriz Eva Todor. O velório ocorre amanhã das 9 às 11 h no Teatro Municipal do Rio d...