Presos cinco suspeitos de assalto a joalheria

Cinco suspeitos de terem participado do assalto a uma joalheria ontem no Shopping Praia de Belas,  foram presos hoje pela Polícia Civil de Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Quatro mulheres e um homem estão entre os detidos. Outros cinco criminosos já foram identificados. Os agentes também localizaram o cativeiro usado para manter os reféns durante a madrugada.


A ação dos criminosos, que mobilizou dezenas de policiais na capital gaúcha, ocorreu por volta das 10h30 , mas começou a ser executada na noite anterior, segundo a polícia. Na quarta-feira , os assaltantes invadiram a casa da subgerente da loja, em Viamão, na Região Metropolitana, e fizeram ela e o noivo de refém.
A quadrilha não utilizou armas para roubar a joalheria. Uma falsa bomba foi instalada no shopping para ameaçar os funcionários e deixar o local sem chamar a atenção da polícia. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Brigada Militar constatou que se tratava de um artefato feito com fios enrolados em uma massa que aparentava ser sabão, preso a um aparelho celular com uma fita isolante.
Segundo a polícia, o grupo era formado por pelo menos oito pessoas. Três homens e três mulheres, que ficaram com os reféns durante a madrugada, e pelo menos mais duas pessoas que se comunicavam por telefone com o grupo. Após o roubo, os criminosos fugiram do local e libertaram os reféns em dois locais diferentes. A mulher foi solta na BR-116, na divisa entre Canoas e Esteio. O noivo dela foi libertado em Canoas, próximo às obras na BR-448, a Rodovia do Parque, no bairro Mathias Velho.
As imagens das câmeras de segurança do shopping já foram requisitadas para tentar identificar os suspeitos. O valor dos objetos roubados não foi revelado.
Fonte:G1RS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Secretária apresenta diagnóstico da saúde

Homem encontrado morto a facadas no Parcão

Alarmes serão disparados em treinamento da Refap